Buscar
  • Luísa Aranha

Quebrado

Algo se quebrou.

Talvez o encanto,

quem sabe a vontade,

ou a admiração.

Não sei bem,

se foram as histórias,

a enrolação,

ou a falta de atenção.

A crença,

ou sua escassez,

como quiser escolher.

Mas não foi em pedaços:

Esfarelou.

E a brisa, carregou.

Leve pelo ar,

o que um dia fora

sonho,

mas nunca

se concretizou.

LOGO CeP IMPRESSAO.png