Buscar
  • Luísa Aranha

Mentiras

Foram tantas mentiras ao longo dos últimos anos que já nem sei mais o que é verdade. Mentiras sobre mim, sobre você, sobre nós. Mentira de que estava tudo bem. Verdade que não havia nada bem. Não sei que tanta necessidade a gente teve de criar um mundo perfeito, se nem nós éramos perfeitos.

Dói pensar o quanto acreditamos numa história sem verdade, numa vida sem esperança, na possibilidade que um dia pudesse ser real. Dizem que uma mentira repetidas muitas vezes se torna verdade. Mas a gente falou tantas vezes que amava, quando na real nem se gostava.

Eu não sei mais quando foi que tudo começou. Ou se sempre foi assim. Só sei que a cada dia que passa a gente se enrola mais e mais longe fica de acreditar no que de fato é a nossa história. Um amor de mentira, inventado pra acalmar duas almas mentirosas.

Não da vontade de correr, de fugir e não mais fingir? Da vontade, eu sei que da. Só não entendo porque nenhum de nós tem coragem. É tão comum estar no meio de tudo que inventamos que nos acostumamos a ser de mentira e nem sabemos mais qual é a verdade.

LOGO CeP IMPRESSAO.png

©2019 by Luísa Aranha. Proudly created with Wix.com