Buscar
  • Luísa Aranha

Desistir

Desisti de você

E eu juro que tentei.

Esperar, ser paciente,

compreender

Teus dizeres,

Teus silêncios,

Tuas conexões

E os ruídos

Da ligação.

Eu tentei.

E como eu quis conseguir.

Ansiei,

Desejei,

Salivei.

Mas por fim,

Cansei.

Derrotada

Pela minha ansiedade,

intensidade,

profundidade.

Pela tua racionalidade.

Junto os cacos,

Novamente.

Quantas vezes mais?

Recolho do chão

A poeira da rejeição

E mesmo que o vento

Insista em espalhar,

Não coloco embaixo

Do tapete.

Não mais.

Jogo no lixo

Junto com o que

ainda sinto.

Só assim, eu

Sobrevivo.

LOGO CeP IMPRESSAO.png