Buscar
  • Luísa Aranha

Anseios

Troco os pés pelas mãos,

rastejo pela ansiedade,

flerto com a imaginação,

e verbalizo com o coração.


É meu jeito.

E mesmo que quebre a cara,

eu ainda anseio,

Que um dia alguém entenda,

que ou vai ou fica.


De verdade,

sem mentiras.

LOGO CeP IMPRESSAO.png