©2019 by Luísa Aranha. Proudly created with Wix.com

TODAS AS BOCAS QUE BEIJEI (OU SONHEI)

Por quantas experiências amorosas uma mulher passa até encontrar o seu príncipe encantado e quantos sapos são necessários beijar?

 

Manu tem como hobby se apaixonar. Passou, piscou, olhou... pronto! Ela já está caída de amor e acredita ter encontrado seu príncipe. A segunda coisa que ela mais ama fazer é beijar. Ou sonhar com beijos. E pra completar as manias de Manu, associar cada amor a uma música (ou várias) é quase que instantâneo. 

 

O problema é que nessa brincadeira ela conheceu mais sapos que príncipes. E alguns príncipes viraram sapos. Algumas paixões machucaram e outras deixaram um gosto de saudades. Outras nem passaram de algumas horas. 

 

Se existe um final ou um final feliz nessa história, Manu ainda não sabe. Mas ela tem certeza que todos os beijos foram necessários e renderam boas histórias para ela se lembrar, rir, chorar e amar.