Buscar
  • Luísa Aranha

Teorias sobre a confiança

Confiança é um sentimento que não surge. Ele vem aos poucos e vai ficando forte com o passar do tempo. Ou ele se perde no meio do caminho e fica quase impossível resgata-lo. Muitas vezes a gente tenta, tenta e tenta mais uma vez só para não perder de vez e mesmo assim não adianta.

Confiar em alguém é uma grande demonstração de amor, carinho e respeito. Confiar é saber que não importa o que aconteça, aquela pessoa, nuca vai te trair. Não fala de traições carnais. Mas sim das espirituais e emocionais. É poder falar a verdade em qualquer circunstância e não ser julgado por isso. É saber que sua verdade nunca saíra. Nunca vazará.

Confia-se em pessoas que fazem por merecer. Confia-se quando se sente um sentimento verdadeiro de lealdade e proteção. Confia-se quando se sente amor. Confia-se quando se pode confiar.

O problema é que leva-se muito tempo para se confiar em alguém e apenas alguns segundos para se perder a confiança. E não existe sentimento mais doloroso do que a traição de uma confiança. Não existe nada que machuque mais do que pensar que aquela pessoa que você confiava, acreditava e na qual era capaz de apostar toda as suas fichas, de repente botou tudo a perder.

Existe segunda chance quando se perde a confiança? Pode até ser. mas que demora muito tempo, isso demora. E as vezes não se tem, nem tempo, nem chance de voltar a confiar. As vezes o caminho é tão tortuoso e as feridas tão dificeis de cicatrizar que nunca se consegue resgatar a confiança.

Merecer a confiança de alguém é algo nobre. E nunca, de forma alguma, deve ser posto fora. Pense nisso dá próxima vez que estiver pegando uma estrada, sem volta, antes de trair quem confia em você.

LOGO CeP IMPRESSAO.png

©2019 by Luísa Aranha. Proudly created with Wix.com