Buscar
  • Luísa Aranha

Desculpa, eu não sou o que você esperava

Desculpa se eu não sou exatamente o que você imaginava. A questão é que entre o que você imaginava e a minha essência existe um enorme abismo carregado de suas interpretações e visões de mundo e de minhas vivências e experiências. Eu até queria ser o que você esperava, mas decidi, há um tempo, que ser o que eu não sou não faz bem para mim e não faria bem para você também. Se entre tantas qualidades você enxerga apenas os defeitos o problema não são eles que fazem parte de mim. O problema são seus olhos, seus ouvidos e seu tato. O problema é o que você realmente da valor na vida e onde gasta sua energia.

Eu me esforcei para que você percebesse que que a gente poderia ser mais que isso. Até me dediquei mais do que me dedicaria em qualquer outro relacionamento.  Só porque era você. Mas um relacionamento é feito a dois e uma andorinha sozinha não faz verão. Juro que tentei, que quis ser a pessoa que você sonhava, que pensei que poderia mudar para lhe agradar. Demorei a perceber que não era eu que precisava agir e sim você que tinha que baixar suas expectativas. Porque quando a gente entra num relacionamento ele tem muito mais a ver com estar junto do que com a pessoa perfeita. Idealizar alguém ou tenta-la encaixar nos seus padrões não é gostar. É apenas querer que alguém preencha um espaço que não tem brechas pra autenticidade. E não existem pessoas perfeitas. Existem pessoas, com seus mundos perfeitamente imperfeitos e organizados numa bagunça devastadora, que colidem com o seu universo e se fundem em um. Como eu queria ter fundindo meu mundo com o seu. Mas era o meu que precisava sair totalmente da órbita para girar em torno de você, como se você fosse um astro rei e eu apenas um planeta sedento por calor. E foi assim que eu descobri que não. Que o fim da linha chegou cedo demais para nós, antes mesmo do trem engrenar a segunda marcha. E foi assim que eu entendi que ser quem eu sou é mais importante do que você. E outros amores talvez irão descobrir o que você não se permitiu e é muito melhor estar caminhando em busca disso do que ao seu lado esperando que você faça parte dessa história. Desculpa se eu não sou o que você esperava. Eu sou muito melhor, só que você não enxergou isso a tempo e agora quem não tem mais tempo para perder com você sou eu.

LOGO CeP IMPRESSAO.png

©2019 by Luísa Aranha. Proudly created with Wix.com