Buscar
  • Luísa Aranha

Ausências

De repente você voltou como se nunca tivesse ido. Chegou me abraçando e beijando minha testa com carinho. Confesso que fiquei constrangida, diante dos olhares de amigos que não entenderam nada. Você enlaçou minha cintura com suas mãos e saímos caminhando. Meu corpo inteiro ardia ao toque do seu. Minha alma implorava por um rompante de paz e minha mente só se perguntava "como assim?". Você foi embora sem nenhuma explicação, sem motivo, sem demonstrar ou explicar absolutamente nada. Simplesmente foi. Levei tempo demais para aceitar que seria assim. Então você apenas volta e me segura como se nunca tivesse partido. Não fala nada, não demonstra nada, só me segura e me leva com você.

E eu continuo sem entender o que eu nunca decifrei. Sinto a pressão de sua mão na minha cintura, seu perfume tão próximo me embriagando e só quero perguntar porque. Mas as palavras estão presas na minha garganta, por mais que eu tente elas não se soltam. Como se ao liberta-las eu pudesse de alguma forma fazer você sumir novamente. Mas não fazia sentido. Não tinha lógica você chegar ali como se tivéssemos marcado um encontro e me abraçar e me beijar como se tivéssemos acordado abraçados na noite anterior. As coisas ficaram confusas e chegamos a frente de casa e alguém telefonou para você. E como se eu não estivesse em seu braço você combinou que "logo estaria lá". Como assim? Você iria me deixar novamente? Porque voltou agora que eu já estava acostumada a sua ausência? Por que não falava comigo e me explicava ou apenas dizia que me amava? E você me puxou para mais perto do seu corpo, me envolveu em seus braços, segurou minha nuca e me beijou. Com tanta paixão, tanta saudades, tanto tesão, que meu corpo inteiro se arrepiou e eu só conseguia pensar que aquele era o momento perfeito para o mundo inteiro acabar, porque não importava mais nada na vida a não ser estar com você. E no meio de tantos sentimentos confusos e quentes o despertador tocou e eu acordei com a sensação de que você realmente tinha me visitado essa noite.

LOGO CeP IMPRESSAO.png

©2019 by Luísa Aranha. Proudly created with Wix.com