Buscar
  • Luísa Aranha

Alguém como você

Eu queria encontrar alguém como você. Alguém que fosse capaz de ler minha mente nas entrelinhas da vida. Que fosse capaz de me dizer o que você dizia, de me curar com um sorriso e me trazer apara a realidade com uma palavra. Alguém que não tivesse medo de seguir em frente. Eu queria encontrar alguém como você. E que ainda assim fosse diferente.

Não me diga que eu estou fechada. Estou aberta. Mais aberta do que um dia eu estive antes de você. Eu procuro, converso com as pessoas, perco horas tentando fazer com que despertem algum tipo de sensação que me agrada. Que consigam conectar sua alma a minha, nos diferente níveis que conseguimos. Estimulo ações, provoco reações. Uso todas as minhas armas: bom humor, sarcasmo e ironia. Me entrego por inteiro, deixando que vasculhem minha vida, meu passado e meus medos. E no final, termino a ligação por falta de conexão.

Eu preciso de alguém como você. Alguém que seja capaz de sacudir minhas estruturas, de tomar conta dos meus pensamentos e de minhas canções. Alguém que seja atrevido, que não tenha medo de me dizer o que eu preciso ouvir. Alguém que mesmo longe esteja sempre perto. Alguém como você.

Não tente mudar o rumo dessa prosa. Eu não estaria a procura de alguém se você não tivesse fechado as portas. E as janelas. Eu sei. Não fui eu que deixei o barco a deriva, que nublei o sol ou ofusquei as estrelas. Eu sei. Sei que sente tanta falta como eu sinto. Não era a hora. Ou era. Sabe-se lá quais os planos malucos da vida para nós. Mas eu queria alguém como você e que ainda fosse diferente. Alguém como você que ficasse em minha vida para sempre...

-------------

📷Gostou? Então confere meu último lançamento "Sexo Virtual, Amor Real" na nossa livraria.

LOGO CeP IMPRESSAO.png

©2019 by Luísa Aranha. Proudly created with Wix.com